Odeio as lágrimas que descem pelo meu rosto

Odeio as lágrimas que descem pelo meu rosto
odeios as lágrimas que rolam me fazendo desabar de novo
odeios as lágrimas que botam pra fora meus sentimentos
odeios as lágrimas que relembram oq esqueci faz tempo
odeios as lágrimas que tiram meus monstros do armário
odeios as lágrimas frias e tolas que revelam meus sentimentos calados.

Envie este verso por email Envie este verso por email

Comments are closed.